Catálogo

livro.png

 EM BREVE 

Olhos de antes

Débora Jardim Jardim

Ilustrações Clara Berger

Como seria a visão dos “olhos de antes”? Uma visão retroativa, já com certo distanciamento temporal, um território de onde a saudade pode ser cristalizada e virar literatura? Pode ser. O desafio, porém, nessa manipulação da memória, é fazer com que o sentimento daquilo que passou seja revivido pela linguagem. Um esquecimento voluntário do agora que somos para que a roupa do passado ainda nos sirva.

Cabe à invenção, irmã siamesa da memória, entregar-nos a poesia que reside nesta jornada. “Olhos de antes” é fruto dessa busca. E um convite para essa dimensão. 

Imagem meramente ilustrativa